Governo terá que devolver R$ 1,7 milhão ao Ministério da Saúde

União liberou R$ 2,5 milhões para instalar 54 leitos no HGR; não está claro o motivo da devolução

Governo terá que devolver R$ 1,7 milhão ao Ministério da Saúde
Governo fechou diversas UTIs nos últimos meses – Foto: Divulgação/Sesau

O Ministério da Saúde cobrou hoje (28) do Governo de Roraima a devolução de R$ 1,7 milhão destinado para custear Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em Roraima. Os leitos eram para pacientes com Covid-19.

A medida está publicada no Diário Oficial da União (DOU) e assinada pelo ministro substituto, Rodrigo Otávio Moreira da Cruz.

Conforme o documento, o Governo Federal liberou R$ 2,5 milhões para instalar 54 leitos no Hospital Geral de Roraima (HGR) no mês de junho.

Entretanto, a portaria especifica que, caso ocorra descumprimento das regras previstas, os leitos são cancelados e os recursos devolvidos. Por outro lado, não fica claro o motivo da devolução.

Atualmente, o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) indica que Roraima tem apenas 49 leitos disponíveis no HGR.

A reportagem questionou o Estado sobre a devolução dos recursos e aguarda resposta.

Leitos fechados pelo governo

No mês de agosto, o governo fechou 24 leitos de terapia intensiva. À época, a Sesau disse que a redução ocorreu devido à diminuição de casos graves de Covid-19, bem como a ampliação das cirurgias eletivas.

Dessa forma, os leitos passaram de 74 para 50. Além disso, no dia 25 deste mês, o governo voltou a fechar mais um leito de UTI. A taxa de ocupação está em 47%.

Por Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x