Ministério da Saúde amplia vacinação contra HPV para usuários da PrEP em Roraima

Medida vai atender pelo menos 245 pessoas entre 15 e 45 anos de idade, que utilizam a Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (PrEP) no estado

Ministério da Saúde amplia vacinação contra HPV para usuários da PrEP em Roraima
Vacinas contra o HPV – Foto: Jonathas Oliveira/Semuc/PMBV

O Ministério da Saúde (MS) anunciou que vai ampliar a vacinação de combate a HPV, em todo país, para pessoas que utilizam a Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (PrEP).

Nesse sentido, o público-alvo será pessoas entre 15 e 45 anos de idade. A medida tem como objetivo prevenir infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) e reduzir o risco de cânceres associados ao HPV.

Em Roraima, a ampliação do público-alvo vau beneficiar pelo menos 245 pessoas que usam o PrEP. Como resultado, haverá a proteção da população contra essas graves condições de saúde.

Ministério da Saúde explica a doença

O Papilomavírus Humano (HPV), uma infecção sexualmente transmissível que pode causar verrugas nos órgãos genitais e está associada ao desenvolvimento de câncer em várias regiões do corpo, incluindo colo do útero, vulva, pênis, ânus e orofaringe.

Além da transmissão sexual, o vírus pode ser transmitido por contato direto com a pele ou mucosas infectadas. Existem mais de 100 tipos de HPV, sendo pelo menos 14 considerados de alto risco por sua capacidade de causar câncer.

Em suma, no Brasil, um estudo epidemiológico (POP-Brasil) avaliou a prevalência do HPV em pessoas sexualmente ativas entre 16 e 25 anos.

Os resultados mostraram que 53,6% dos participantes estavam infectados com HPV, sendo que 35,2% desses tinham pelo menos um dos tipos de alto risco.

Por fim, do total de entrevistados, 50,7% afirmaram usar preservativos regularmente e 12,7% relataram ter tido uma infecção sexualmente transmissível anteriormente.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x