Paciente com câncer denuncia atraso no pagamento do TFD

Rosival está em Manaus para fazer radioterapia que Governo não oferece em Roraima

Paciente com câncer denuncia atraso no pagamento do TFD
Paciente está em Manaus para realizar tratamento de radioterapia – Foto: Arquivo pessoal

O pagamento da ajuda de custo do Tratamento Fora de Domicílio (TFD) do motorista Rosival Melo, de 38 anos, está atrasado há uma semana. Ele denunciou a situação ao Roraima em Tempo nesta quarta-feira (22).

Rosival está em Manaus, no Amazonas, para fazer um tratamento de radioterapia devido a um tumor cerebral, diagnosticado em março.

O Governo não oferece o tratamento em Roraima. Nesse sentido, ele recebe, por meio do TFD, uma ajuda de 1,3 mil da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Contudo, Rosival Melo explica que o valor, que deveria ser pago sempre para um período de 15 dias, já está atrasado há uma semana.

“Eu moro em Boa Vista e estou encostado pelo INSS desde março desse ano devido meu problema. Tenho três filhos menores de 12 anos e o meu auxílio está servindo pra eles. Estou dependendo 100% dessa ajuda de custo pra me manter aqui em Manaus, onde não tenho parentesco familiar”, esclareceu.

De acordo com o paciente, a representante do TFD em Boa Vista explicou que o atraso ocorre porque o secretário de Estado da Saúde, Leócadio Vasconcelos não assinou os documentos para liberação dos recursos.

“Eles comunicaram a liberação do dinheiro, mas ainda não depositaram na minha conta. Ainda continuo aguardando esse dinheiro da ajuda de custo que era para ser no dia 15”, contou.

Rosival relata que devido ao atraso no pagamento do TFD está sobrevivendo apenas de doações de outras pessoas.

“Não tenho mais dinheiro e não é fácil estar fora de casa onde tudo se compra”, relatou.

Citada

Em nota enviada à Rádio 93 FM, a Sesau informou que autorizou o pagamento do TFD na segunda-feira (20).

A Pasta afirmou que depositará a ajuda de custo na conta do paciente assim que concluído o trâmite bancário.

Além disso, a Sesau esclareceu que não se trata de atraso, pois as demandas estão sendo avaliadas, liberadas e assinadas pelo gestor da pasta.

Por Rádio 93 FM

0
Would love your thoughts, please comment.x