Roraima confirma 174 novos casos e seis mortes por Covid-19

Segundo a Sesau, o estado tem 123.990 infectados e 1.948 óbitos pela doença

Roraima confirma 174 novos casos e seis mortes por Covid-19
Com a inclusão de mais seis mortes, Roraima tem 1.948 óbitos pela Covid – Bruno Kelly/Reuters

Roraima confirmou 174 novos casos e seis morte por Covid-19. As informações são da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) desta terça-feira (31).

Com a atualização, o estado tem 123.990 infectados e 1.948 óbitos pela doença desde o início da pandemia, em março de 2020.

Casos da Doença

  • Alto Alegre (1.587)
  • Amajari (1.165)
  • Boa Vista (95.567)
  • Bonfim (2.474)
  • Cantá (2.437)
  • Caracaraí (2.683)
  • Caroebe (1.987)
  • Iracema (1.359)
  • Mucajaí (2.306)
  • Normandia (555)
  • Pacaraima (2.349)
  • Rorainópolis (3.357)
  • São João da Baliza (1.624)
  • São Luiz (687)
  • Uiramutã (1.189)
  • Outros (2.664)

Mortes por Covid-19

De acordo com o documento, seis morte ocorreram em Roraima, nenhuma delas nas últimas 24 horas. Além disso, outras 24 estão sendo investigadas.

  • Alto Alegre (36)
  • Amajari (21)
  • Boa Vista (1.483)
  • Bonfim (33)
  • Cantá (39)
  • Caracaraí (56)
  • Caroebe (21)
  • Iracema (15)
  • Mucajaí (42)
  • Normandia (31)
  • Pacaraima (46)
  • Rorainópolis (68)
  • São João da Baliza (12)
  • São Luiz (12)
  • Uiramutã (15)
  • Outros (18)

Internações

Conforme o boletim, 136 pessoas estão internadas em hospitais do estado.

  • Hospital Geral de Roraima (41);
  • Pronto Atendimento Airton Rocha (23);
  • Hospital de Retaguarda (43);
  • Maternidade Nossa Senhora de Nazareth (5);
  • Hospital Ottomar de Sousa Pinto, em Rorainópolis (3);
  • Hospital da Criança Santo Antônio (21).

A taxa de ocupação de leitos de UTI no HGR voltou para 82%, enquanto os leitos clínicos estão fechados.

Vacinas

De acordo com a Secretaria de Saúde, Roraima recebeu 637.698 doses de vacinas, sendo 357.797 aplicadas. Com isso, 269.008 são referentes à primeira dose, 79.144 à segunda dose, e 9.645 doses únicas.

A aplicação da dose de reforço contra a Covid-19 está liberada em Roraima a partir do dia 15 de setembro. A orientação é do Ministério da Saúde.

Conforme a Sesau, a nova etapa inicia pelos idosos e pessoas com baixa imunidade (imunossuprimidos).

As vacinas são destinadas aos idosos que completaram o esquema vacinal há mais de seis meses, de acordo com o ministério. Por outro lado, os imunossuprimidos devem aguardar 28 dias após a segunda dose.

Por Redação

0
Would love your thoughts, please comment.x