Transmissão de Covid-19 segue em alta pela oitava semana em Roraima

Dados foram coletados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) entre os dias 22 e 28 de agosto

Transmissão de Covid-19 segue em alta pela oitava semana em Roraima
Roraima tem mais de 124 mil infectados pelo vírus desde março de 2020 – Foto: Divulgação

Roraima segue pela oitava semana seguida com nível alto de transmissão da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), comum em pacientes com Covid-19.

A informação é do novo boletim da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado ontem (2). Os dados foram coletados entre os dias 22 e 28 de agosto.

Contudo, devido ao avanço da vacinação contra o vírus, o estado apresenta sinal de estabilidade nas tendência da doença em longo e curto prazo.

Conforme a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), 54,9% dos roraimenses já tomaram a primeira dose. Entretanto, o número está longe dos 70% esperados pelas autoridades de saúde para novas flexibilizações.

A Fiocruz indica que Boa Vista é uma das 17 capitais com nível alto de transmissão. Por isso, a instituição fala sobre os riscos de novas internações. 

“É fundamental que cada município avalie a transmissão comunitária. Podendo gerar manutenção de níveis altos de internações e óbitos, além de manter a taxa de ocupação hospitalar em percentuais próximos da saturação”, diz.

De acordo com a Sesau, 122 pessoas com Covid-19 estão em tratamento nos hospitais do estado. A taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) está em 86%.

Estabilidade

A Fiocruz fala que a diminuição dos casos no Brasil ocorre por causa do avanço da vacinação nos estados.

“O patamar de estabilização se apresenta mais alto à medida que a idade diminui. Já a redução de casos nos idosos é reflexo do impacto da campanha dos meses de abril e maio”, diz o coordenador Marcelo Gomes.

Além de Roraima, estão com estabilidade: Acre, Alagoas, Amapá, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Piauí, Santa Catarina e São Paulo.

No entanto, a recomendação é que o isolamento social, bem como as restrições devem continuar. Além disso, a Fiocruz pede que os estados avaliem os decretos.

“Flexibilização de distanciamento social facilitam a disseminação de vírus respiratórios e, portanto, podem levar a uma retomada do crescimento de novos casos”, diz.

Ontem, Roraima confirmou 122 novos casos e quatro mortes por Covid-19. O estado tem 124.214 casos e 1.953 mortes.

Já em relação a campanha de vacinação, Roraima vacinou 270,5 mil pessoas com a primeira dose, 79,9 mil com a segunda, e 9,6 mil com a dose única.

Por Samantha Rufino

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x