Sem material, HGR suspende cirurgias de implantação de sondas para alimentação de pacientes

No dia 16 deste mês, a direção do HGR recebeu um ofício informando sobre a falta de kits para o procedimento

Sem material, HGR suspende cirurgias de implantação de sondas para alimentação de pacientes
Sesau contratou empresa por R$ 6 milhões – Foto: Ministério da Saúde

Por falta de material, o Hospital Geral de Roraima (HGR) suspendeu as cirurgias de gastrostomia. O setor de Endoscopia informou a decisão ao diretor clínico da unidade, Alysson Lins, na sexta-feira (16).

A gastrostomia é uma cirurgia realizada para a colocação de sonda, através da pele da barriga diretamente até ao estômago. O procedimento serve para permitir a alimentação, bem como fornecimento de nutrientes nos casos em que a pessoa não consegue se alimentar pela boca.

Conforme um outro documento, Alysson determinou que, a partir de ontem (19) toda a solicitação para o procedimento seja encaminhada para o serviço de cirurgia-geral.

No dia 16 deste mês, a direção do hospital recebeu um ofício informando sobre a falta de kits para o procedimento. Além disso, o documento já informava que o procedimento estaria suspenso até que a Sesau resolvesse o problema.

Em nota, a Secretaria de Saúde afirmou que está adquirindo insumos apropriados para atender às demandas relacionadas à gastrostomia. Tão logo seja concluída a aquisição, os pacientes serão devidamente atendidos com o procedimento que, conforme a Pasta, é eletivo, ou seja, não se caracteriza como de urgência.

Suspensão e demora nas cirurgias

A demora para a realização de cirurgias pela rede estadual é alvo de constantes denúncias à reportagem. Em um dos casos, uma mulher com 38 pedras na vesícula que precisava de um procedimento de urgência, recebeu a notícia que teria que esperar até três meses por uma cirurgia.

Além disso, em outubro do ano passado, a Sesau havia suspendido as cirurgias eletivas por falta de material no HGR. Um trecho do documento citava que as cirurgias eletivas deveriam ficar suspensas até a normalização da entrega do material cirúrgico.

Fonte: Da Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x