Sesau planeja retirar pacientes com Covid de Pronto Atendimento

Ideia é que a unidade possa realizar outros tipos de atendimento, como ocorria antes da pandemia

Sesau planeja retirar pacientes com Covid de Pronto Atendimento
Pronto Atendimento Airton Rocha, anexo ao HGR – Foto: Josué Ferreira/Roraima em Tempo

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) planeja terminar com o atendimento exclusivo a pacientes com Covid-19 no Pronto Atendimento Airton Rocha.

Conforme a secretaria, a ideia é que a unidade possa realizar outros tipos de atendimento, como era antes da pandemia.

“A Sesau estuda um novo local para os atendimentos de Covid-19. Porém, reforça que ainda não há um cronograma definido para que a mudança ocorra”, disse.

Retaguarda

O Roraima em Tempo apurou que os pacientes devem ir para o Hospital de Retaguarda. A iniciativa privada administra o local desde que foi reaberto.

A unidade é suporte para o Hospital Geral de Roraima (HGR) e tem 120 leitos, com 50 ocupados.

De acordo com o boletim da Sesau, o Pronto Atendimento tem 29 leitos, com 100% de ocupação. Todos em tratamento contra o vírus.

“A intenção com a medida é diminuir o fluxo de atendimentos no Pronto Atendimento, possibilitando uma reforma setorizada, sem comprometer o atendimento à população”, frisou a Secretaria de Saúde.

Agora, existe um debate sobre a lotação dos servidores. A princípio, eles devem ficar no HGR.

Em contrapartida, a secretaria afirma que ainda está em análise a situação. Ou seja, a mudança será feita apenas quando o planejamento estiver finalizado.

Dados

Roraima diagnosticou 366 novos casos de Covid-19 em 24 horas. Assim, o total de infectados pela doença sobe para 118.036.

O estado confirmou três novas mortes, elevando, assim, o número para 1.826 óbitos. Outras 61 mortes estão em investigação.

A reportagem também mostrou que o vírus está em alta circulação no estado há seis semanas. Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), isso pode causar uma pressão nos hospitais de Roraima.

Com isso, a única forma de combater o crescimento da Covid-19 é com a vacina.

Depois de a Prefeitura de Boa Vista ampliar a vacinação para o público a partir de 20 anos, a procura pelo imunizante cresceu.

Nos municípios do interior a imunização também avança. Assim, Roraima aplicou 278.044 doses de vacinas, sendo 200.642 referentes à primeira dose, e 68.231 ao segundo ciclo da vacinação.

0
Would love your thoughts, please comment.x