Tomógrafo do HGR está quebrado há três dias

Por outro lado, Secretaria de Saúde alega que equipamento está em manutenção

Tomógrafo do HGR está quebrado há três dias
Sesau disse que aparelho está em manutenção – Foto: Josué Ferreira/Roraima em Tempo

Familiares de pacientes e servidores denunciaram hoje (1º) que o tomógrafo do Hospital Geral de Roraima (HGR) está quebrado há três dias.

Conforme uma das denunciantes, que prefere não ser identificada, a situação prejudica o atendimento aos pacientes.

Outra pessoa relata que a irmã testou positivo para a Covid-19, precisou ir ao HGR fazer o exame, mas não conseguiu por causa da falta do equipamento.

Além disso, a família diz que o exame na rede particular custa R$ 500. “O exame é importante para saber o comprometimento dos pulmões. É uma falta de respeito com a população”, falou o irmão.

Cirurgias no HGR

De acordo com um servidor, também há demora nos procedimentos de cateterismo. Além disso, não tem remédios para tratar as pessoas.

“O governo não está pagando as passagens do médico de angioplastia há cinco meses. Marca-passo só conseguem na Justiça. Também não temos dopamina no hospital, por isso os batimentos dos pacientes caem”, disse.

Segundo ele, os blocos já não têm vagas. “Os pacientes ficam lá para morrer. Na segunda [30] deixamos cinco pacientes aguardando vaga. É triste a situação”, falou.

Citada

Por outro lado, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informou que o tomógrafo está em manutenção.

“O exame de tomografia é realizado em uma das clínicas conveniadas ao Sistema Único de Saúde [SUS]. Dessa forma, as demandas estão sendo atendidas”, garantiu.

Já o implante de marca-passo, a Sesau disse que está sendo feito, e está contratando profissionais para resolver de forma definitiva o procedimento.

“Sobre o cateterismo, reforça que toda sexta-feira estão sendo realizados os procedimentos eletivos. Pacientes internados no Hospital das Clínicas e no HGR estão sendo atendidos em clínicas credenciadas”, afirmou.

Em relação à angioplastia, a gestão reforçou que as demandas também estão sendo atendidas por meio de uma empresa credenciada ao SUS.

Por Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x