Integrantes de facção que mataram vítima por engano são condenados

Condenação foi obtida após denúncia do Ministério Público de Roraima

Integrantes de facção que mataram vítima por engano são condenados
Crime ocorreu em janeiro de 2019 – Foto: Divulgação

Integrantes de facção que mataram vítima por engano foram condenados nesta nessa quarta-feira (25). A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri do Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR) foi quem obteve, as sentenças.

Lucas Matos dos Santos e Vítor Renan Kams, integrantes de facção criminosa, praticaram o crime em janeiro de 2019, no bairro Nova Canaã, em Boa Vista. De acordo com a denúncia do MPRR, eles confundiram a vítima, Fernando Gralhada de Oliveira, com um integrante de uma facção rival.

Por esse motivo, os criminosos o executaram no “tribunal do crime”. Eles levaram Fernando para uma casa, onde o executaram com golpes de faca.

A Justiça condenou Lucas Matos por homicídio praticado por motivo torpe, utilizando meio cruel e com recurso que dificultou a defesa da vítima. Além disso ele também respondeu pelos crimes de sequestro, cárcere privado e organização criminosa. A pena foi de 23 anos e três meses de reclusão.

Por outro lado, Vítor Renan Kams recebeu condenação por organização criminosa. Por isso, deve ficar quatro anos em reclusão. Ele também deve ir a um outro julgamento pela prática de outro homicídio, envolvendo briga entre facções. 

Segundo o MPRR, um outro integrante de facção, Jonilson Pastana da Silva, também participou do crime, mas recorreu e aguarda o julgamento do recurso.

Fonte: Da Redação 

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x