Roraima é o estado com maior incidência de casos de Covid-19 no País

Roraima vacinou apenas 19,4% da população com as duas doses ou dose única contra a Covid-19

Roraima é o estado com maior incidência de casos de Covid-19 no País
Roraima ocupa também a 8ª posição entre os estados com o maior número de óbitos por Covid-19 – Foto: Divulgação

Roraima é o estado com a maior incidência de casos de Covid-19 a cada 100 mil habitantes no País. Os dados constam em um informativo da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulgado nesta terça-feira (17).

De acordo com o levantamento, até a última sexta-feira (13), o estado tinha 20.127 casos confirmados da doença a cada 100 mil habitantes.

A princípio, até esta segunda-feira, segundo dados da Sesau, 122 mil casos de pessoas infectadas pela Covid-19 haviam sido registrados em Roraima.

Conforme o informativo, Boa Vista é o município com o maior número de casos da doença a cada 100 mil habitantes.

Em seguida, aparecem os municípios de Bonfim, Caroebe e São João da Baliza com maior incidência de confirmados com a Covid-19.

Ainda de acordo com o informativo, Santa Catarina, Distrito Federal, Rondônia e Amapá aparecem logo após Roraima no ranking das unidades federativas com maior incidência.

Mortes por Covid-19

Além do mais, Roraima ocupa também a oitava posição entre os estados com o maior número de óbitos por Covid-19 a cada 100 mil habitantes.

Segundo o estudo, o estado havia registrado, até está segunda-feira, 314,5 óbitos por 100 mil habitantes.

No boletim divulgado na noite de ontem (16) pela Sesau, o estado havia registrado 1.920 mortes em decorrência da doença.

Apenas Mato Grosso, Rondônia, Rio de Janeiro, Amazonas, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal e Paraná estão acima de Roraima na lista das unidades federativas com mais mortes pela doença na mesma comparação.

Redução de leitos da UTI

Boletim divulgado na última semana pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), mostra Roraima na ‘zona laranja’ em relação à taxa de ocupação de leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento de Covid-19.

Nesse sentido, Roraima está, portanto, na zona de alerta intermediário por apresentar taxa de ocupação de 70%.

A Fiocruz afirma que “a elevação do indicador se deve à redução de leitos e não ao aumento de leitos ocupados”.

No dia 6 de agosto, o Governo fechou 24 leitos no HGR. A Sesau disse que a medida se deve à diminuição de casos graves de Covid-19.

No entanto, no informativo divulgado pela Pasta nesta terça, Roraima aparece como o estado com a maior incidência de casos a cada 100 mil habitantes no país.

População não vacinada

Em quase sete meses, Roraima vacinou apenas 19,4% da população com as duas doses ou a dose única contra a Covid-19. A campanha começou em janeiro deste ano.

Além disso, segundo a superintendente de Vigilância em Saúde de Boa Vista, Francinete Rodrigues, mais de 53 mil jovens de 18 a 29 anos não se vacinaram na capital. O índice negativo representa mais de 52% da população jovem de Boa Vista.

Nas últimas semanas, a reportagem expôs que as fake news e o medo das reações às vacinas estavam entre os fatores mais comuns para a queda na imunização.

De acordo com os dados do Vacinômetro, Roraima recebeu 563.318 doses de vacinas contra a Covid-19.

Desse total, 563.318 foram aplicadas, sendo 358.318 referentes à primeira dose, enquanto 193.907 são da segunda. Outras 10.500 correspondem às doses únicas.

Fonte: Da Redação

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x