Após vaquinha, estudante de RR chega à França para cursar mestrado

Ao Roraima em Tempo, Ezequias conta que ficou surpreso com a solidariedade das pessoas para ajudá-lo a viajar

Após vaquinha, estudante de RR chega à França para cursar mestrado
Estudante chegou à França há nove dias – Foto: Arquivo pessoal/Ezequias Guimarães

O estudante Ezequias Guimarães, de 24 anos, chegou à França para cursar mestrado na Universidade de Poitiers. A viagem foi possível após uma campanha para arrecadação para pagar os custos da viagem.

Ao Roraima em Tempo, Ezequias conta que ficou surpreso com a solidariedade e a adesão das pessoas ao caso, já que a vaquinha virtual foi feita a algumas semanas antes de viajar.

“Teve gente que me mandou e-mail, outros me mandaram mensagem pelo celular, recebi ligações. As pessoas foram bem solidárias, me falaram coisas motivacionais, que eu ia conseguir e isso me deixou bem animado. Senti esse carinho das pessoas que nem me conheciam”, diz.

Àqueles que ajudaram, Ezequias diz estar ‘imensamente grato’. Quando decidiu fazer a campanha, ele precisava de R$ 5 mil para pagar as passagens. Ele chegou até a vender livros para cobrir o valor.

Ele conta que conseguiu o dinheiro não apenas pela vaquinha, mas por doações via Pix. Além disso, na hora de comprar as passagens, algumas pessoas o ajudaram com milhas.

“Não conseguiria estar aqui se não fossem essas doações, se não fosse toda essa ajuda. Queria deixar uma imenso muito obrigado para aqueles que ajudaram nesse sonho”, externou.

Adaptação na França

Depois da correria para arrecadar o dinheiro e a ida a Brasília para conseguir o visto, Ezequias chegou à França há nove dias. O mestrando traduz a experiência como a realização de um sonho.

Mas, adaptação à nova vida no país europeu ainda está em andamento. É que o estudante se deparou com duas grandes mudanças: o fuso-horário, com seis horas de diferença para Roraima, e o idioma.

“Eu estou em uma das partes da França que faz frio, então isso já é uma grande diferença do que eu estou acostumado em Boa Vista. É tudo muito novo! Já estou indo para aulas na universidade e estou tentando recuperar conteúdo atrasado, pois não consegui chegar antes do início das aulas”, relata.

Ezequias é formado em Geologia pela Universidade Federal de Roraima (UFRR) e começou a estudar o idioma francês no ano de 2016. Desde então, ele planejava estudar fora do Brasil.

Como resultado do planejamento, ele passou para o mestrado em três universidades francesas. Contudo, a escolha foi pela especialização em Ciências da Terra, dos Planetas e do Meio Ambiente.

Por Samantha Rufino

Veja também

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x