BV Junina 2024: Amor Caipira é grande campeã do grupo especial no Concurso de Quadrilhas

Quadrilhas vencedoras se apresentam novamente nesta noite, dia 8, a partir das 22h

BV Junina 2024: Amor Caipira é grande campeã do grupo especial no Concurso de Quadrilhas
Quadrilha Amor Caipira, vencedora do Grupo Especial – Foto: Divulgação/Semuc/PMBV

A quadrilha Amor Caipira foi a campeã do grupo especial no Concurso de Quadrilhas do Boa Vista Junina 2024 com o tema “Vem dançar, Cantar e se Apaixonar com o Cordel da Amor Caipira no Arraiá”. Em segundo lugar ficou a Quadrilha Zé Monteirão e em terceiro, a Eita Junino. Os três grupos empataram e no quesito desempate, a Amor Caipira levou a melhor. O resultado foi divulgado na noite desta sexta-feira (7).

“Trouxemos um tema muito bonito e complexo, que é a literatura de cordel. Conseguimos desenvolver esse tema no tablado, resultando na nossa vitória e estamos muito felizes de poder representar Roraima no concurso nacional em Brasília”, disse o presidente da Amor Caipira, Daniel Mangabeira.

Quadrilha Amor Caipira durante apresentação no tablado – Foto: Welika Matos

Pelo grupo de Acesso, a Quadrilha Espantalho Junino, com o tema “Em uma noite de quermesse, Santo Antônio faz a festa” conquistou o título de campeã e no próximo ano disputa o concurso pelo grupo especial. “Trabalhamos demais, no entanto, sabíamos que tudo iria dar certo e agora está aqui o resultado. Procuramos trazer o original, o antigo, a quermesse”, disse o presidente da quadrilha, Regis Silva.

Pelo grupo Emergente, a conquista do título de campeã ficou com a Coração do Sertão, com o tema “Coração do Sertão, 20 anos de emoção”, que subiu para o grupo de Acesso. Para nós, o titulo é um presente de aniversário. Somos da Comunidade do Truaru e eles estão vibrando com a nossa classificação. Agora conseguimos voltar para o grupo de acesso. O sentimento é de alegria, disse o coordenador do grupo, João da Cruz.

Durante as seis noites de disputa nas três categorias, os quadrilheiros mostraram no tablado todo o seu talento e criatividade, abordando temas profundos e reflexivos ao público que lotou as arquibancadas. “O esforço dos brincantes foi essencial. Foi um trabalho intenso, mas garantimos a vitória”, garantiu o presidente da quadrilha Coração do Sertão.

Valorização

O prefeito Arthur Henrique falou da importância da valorização do movimento junino para a cultura roraimense. Ele destacou que para que o Boa Vista Junina e o concurso de quadrilhas sejam tão especiais e bonitos como são hoje, os investimentos vão muito além de proporcionar condições para que os grupos se preparem para subir ao tablado.

“Realizamos um grande trabalho para que eles também possam trocar experiências com quadrilheiros de outras partes do Brasil. Temos diversos arraiais que são referências no restante do país e, todos os anos, temos a oportunidade de enviar os campeões para o campeonato nacional de quadrilhas. Este ano não será diferente: vamos garantir as passagens para os 90 membros da quadrilha campeã, que representarão o estado de Roraima”, disse o prefeito ao declarar torcida para a representante de Roraima.

As quadrilhas vencedoras se apresentam novamente nesta noite, dia 8, a partir das 22h.

Confira o histórico de cada uma das quadrilhas campeãs

Espantalho Junino

A quadrilha homenageou o santo casamenteiro e voltar às origens das festas de quermesses. A Espantalho vai levou uma festança para o tablado com a celebração de um casamento, sob a benção de Santo Antônio. O que não vai faltou foi emoção, oração e muita fé neste espetáculo. A quadrilha foi fundada como Sucesso Caipira em Julho de 2005, e a partir de 2018 recebeu o nome de Espantalho Junino. Este ano, 20 casais vão abrilhantar a arena com suas histórias emocionantes, passos coreografados e suas roupas estilizadas.

Coração do Sertão

A comemoração do aniversário da quadrilha foi em pleno tablado do Maior Arraial da Amazôni. Em duas décadas de histórias, entre risos e lágrimas, o grupo dançou em muitos arraiais e conseguiu mostrar o seu trabalho.

Dessa forma, grupo foi fundado em março de 2004, em São Luiz do Anauá, mas já desenvolveu atividades em Caracaraí, Boa Vista, Alto Alegre, Cantá, Comunidade da Barata, Caroebe e atualmente está sediada na Comunidade Truaru da Cabeceira. Todos os 21 brincantes são da comunidade indígena e a maioria sobe pela primeira vez no tablado.

‘Maior Arraial da Amazônia’

O Boa Vista Junina ocorre até este sábado, dia 8. Nesta edição, a festa contou com apresentação de artistas locais e apresentação de cantores de reconhecimento nacional. E claro, a distribuição da ‘maior paçoça do mundo’ que também é sucesso.

A maior e mais tradicional festa junina da Amazônia acontece em Roraima foi criado durante o segundo mandato de Teresa Surita na capital no ano de 2001. À época, várias edições do arraial aconteceram na Praça Capitão Clóvis. E desde então já havia o tradicional concurso de quadrilhas, muita comida típica e as famílias conseguiam uma boa renda extra. 

Com o crescimento e a popularização do evento, ainda na gestão de Teresa, o maior arraial da Amazônia passou a ocorrer na Praça do Centro Cívico. E assim tomou outras proporções. O concurso de quadrilhas, por exemplo, foi profissionalizado. Dessa forma, toda a estrutura precisou de ampliação e, consequentemente, os benefícios para a capital e o estado atingiram outros patamares.

Fonte: Da Redação

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x