Denarium disse que boa gestão de Boa Vista é graças a ele

Denarium, não satisfeito em pegar carona na popularidade de Bolsonaro em Roraima, agora também quer surfar na onda da Prefeitura de Boa Vista.

Denarium disse que boa gestão de Boa Vista é graças a ele
Foto: Reprodução/Facebook/Antonio Denarium

Denarium quer pegar carona

Denarium, não satisfeito em pegar carona na popularidade de Bolsonaro em Roraima, agora também quer surfar na onda da Prefeitura de Boa Vista que tem aprovação de mais de 80% da população. Na terça-feira, durante o pífio evento de aniversário do Estado no Parque Anauá, ele disse que “onde tem obra da Prefeitura de Boa Vista tem dinheiro do Estado”. Denarium, que tem mais de 70% de reprovação popular, ainda disse mais: “Se tem salário de servidor pago em dia é porque o Governo do Estado repassa os recursos em dia e com exatidão”. É inacreditável. Se o Estado tivesse tanta gestão assim, o Bloco E do HGR já estaria funcionando e o Governo não estaria pagando R$ 10 milhões de aluguel em um espaço improvisado para atender os pacientes do HGR.

Denarium quer pegar carona 2

A Prefeitura da Capital nunca deixou de entregar uma obra ou de pagar os salários dos servidores em dia por falta do envio de verbas do Governo. Muito pelo contrário. Nos anos de 2017 e 2018, quando as prefeituras entravam na Justiça para receber esses repasses, tantos os servidores de Boa Vista recebiam salários em dia, como a ex-prefeita Teresa Surita ainda antecipava a data do pagamento. As obras também eram concluídas e entregues à população. Enquanto isso, Denarium, que diz que é o pai de tudo isso, não consegue entregar o Bloco E do HGR, aluga um espaço improvisado por R$ 10 milhões para transferir as pacientes do próprio HGR e da Maternidade.

Obras e nada de concreto

No aniversário do Estado, sem nada de concreto para mostrar (literalmente), o governo lançou um programa para tentar iludir mais uma vez o povo roraimense. Denarium disse que vai asfaltar e recuperar estradas, mas não disse quando. Do mesmo modo, ele falou que vai reformar a Casa da Cultura e o Totozão, mas também não disse quando. A população ouve isso do atual governo desde o início da gestão, mas até agora ninguém nada ser concretizado. Já estamos a um ano das eleições para o Governo, porém o governador continua na promessa na área da infraestrutura. De concreto: nada.

Pífio

No pífio evento organizado no Parque Anauá para celebrar o aniversário do Estado, foi divulgado pelo governo (acredite) que já foram reformadas 22 escolas estaduais. Isso mesmo. O governo divulgou que reformou 22 das 378 escolas em quase três anos. Dessa forma, a atual gestão perdeu até mesmo para a ex-governadora Suely Campos que disse que reformou mais de 270 escolas durante sua gestão.

Reprovação

Assim como na vinda de Bolsonaro, os secretários do governo convocaram os servidores para comparecerem ao pífio evento no Parque Anauá de ontem. Da mesma forma que na recepção promovida por Denarium ao presidente, poucos apareceram. Isso mostra a reprovação do povo de Roraima a atual gestão só vem aumentando. Nem parece nos tempos de Ottomar de Sousa Pinto que bastava espalhar o boato de que ele estaria no Parque Anauá que tanto os servidores como a população compareciam em peso e lotavam o local.

Mobilização para soltar Jalser

A coluna recebeu a informação de que na noite de terça-feira (5), feriado de aniversário do Estado, os servidores do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) foram mobilizados para agilizar a soltura de Jalser Renier. Muito estranho um Tribunal mobilizar servidores na noite de um feriado prolongado para proporcionar rapidez no atendimento judicial a um parlamentar preso por sequestro e que está sob a reprovação popular devido às inúmeras polêmicas em que se envolveu nos últimos anos, como por exemplo: Operações policiais por causa de suspeitas de desvio de verba pública e a agressão à ex-prefeita Teresa Surita, que o fez pagar indenização de R$ 40 mil.

Vitimismo

Jalser conseguiu mais uma vez se livrar da cadeia e voltou para casa ontem (6). Agora ele usa uma nova estratégia para se livrar do julgamento popular: o vitimismo. Ontem mesmo da esposa Cinthia Padilha fez um post nas redes sociais afirmando que “cada um só dá o que tem”. Será que ela pensou assim quando Jalser agrediu a Teresa Surita? Agora, o casal vai se fazer de vítima perante a sociedade para tentar reverter a rejeição adquirida pelas atitudes intempestivas de Jalser.

Tratamento privilegiado

O próprio secretário de Justiça e Cidadania, André Fernandes, responsável pelo sistema prisional em Roraima, foi à residência de Jalser Renier colocar a tornozeleira eletrônica no deputado. Questionado, o Governo disse que ele fez isso para evitar aglomeração. Mas, informações de dentro da própria secretaria mostram que existe equipe lá exatamente para fazer isso e que não havia necessidade de o secretário se deslocar até a casa de Jalser.

Tratamento privilegiado 2

Fontes afirmaram que não é a primeira vez que André Fernandez faz esse tratamento diferenciado a deputados presos. No caso da deputada Yone Predroso ele agiu da mesma forma, indo até a residência dela. Assim também foi com o deputado Renanzinho que foi muito bem atendido na Sejuc. Só lembrando que este deputado é acusado de desviar dinheiro público através da empresa que entrega marmitas para o sistema prisional.

Perguntas

– André Fernandes vai à casa de todos os presos colocar tornozeleira eletrônica ou só faz isso com deputados?

– Qual foi o sentimento e posicionamento de Cinthia Padilha quando seu esposo Jalser agrediu a ex-prefeita Teresa Surita?

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x