DNIT não recebe verba de emenda de deputados e senadores de RR desde 2018

Os três senadores de Roraima nunca se mobilizaram para trazer verba para as BR’s. Quando alguém mostrou pessoas empurrando uma ambulância, o governador disse que devia ser problema mecânico

DNIT não recebe verba de emenda de deputados e senadores de RR desde 2018
Pessoas empurram ambulância na BR-174 em Pacaraima – Foto: Reprodução

Sem verba desde 2018

Desde 2018 que o DNIT em Roraima não recebe emenda parlamentar para investir nas estradas em Roraima. O superintendente do próprio DNIT repassou a informação em entrevista a uma rádio local. O órgão é o principal responsável pelas estradas de Roraima com o Governo. Agora tá explicado o motivo de as  BRs estarem em calamidade. Principalmente a BR-174. Mas, qual a razão de os senadores Mecias de Jesus, Telmário Mota e Chico Rodrigues não buscarem recursos para as estradas de Roraima? Além disso, os deputados federais também esqueceram das rodovias. Em 2018 foi o último ano de mandato do então senador Romero Jucá. E desde lá, as rodovias federais ficaram esquecidas. Assim como as estaduais e a vicinais.

Não articula

O governador de Roraima também tem sua parcela de culpa nisso. Passou quase todo o mandato governando sob calamidade por causa da Covid. Poderia muito bem ter aproveitado para investir os bilhões que ele diz que tem em caixa nas estradas. Mas Denarium nem se quer articula com os parlamentares para trazerem recursos. Contudo, quando o assunto é distribuir cesta básica para, assim, fazer a política cruel de se aproveitar da vulnerabilidade das pessoas, aí sim! Aí o governador de Roraima articula com os deputados.

Quando interessa ele articula

Só lembrando que ele articulou com os parlamentares e conseguiu aprovar o estado de calamidade por covid, mesmo contra o cenário atual da pandemia e contra a opinião da própria população. Isso só para entregar cesta básica. Pois em ano de eleições o governo só pode entregar cestas sob decreto de calamidade. Quanto à calamidade nas estradas, se alguém questiona sobre os prejuízos com os carros quebrados na estradas, Denarium diz que deve ser problema mecânico, porque as estradas estão ótimas. Assim ele disse ao vivo em uma TV local sobre uma ambulância que ficou atolada na BR-174. A Justiça derrubou o decreto de calamidade por Covid, mas Denarium articulou novamente e os deputados já aprovaram um novo. Adivinha qual o motivo? Calamidade nas estradas por causa das chuvas.

Assédio?

E por falar em interesses do governador, uma fonte do Palácio do Governo revelou que Denarium segue pressionando os servidores para se engajarem em suas redes sociais e do governo.  Tanto que secretários, diretores e até mesmo os servidores de salários menores como garçons, serviços gerais e etc. são pressionados  a criarem listas de transmissão no Whats App para enviar as publicações nas redes sociais do governo e do governador. E parece que, com a aproximação das eleições, o chefe do executivo anda um pouco nervoso com o a falta de interesse dos funcionários, pois a pressão não está surtindo efeito. Denarium precisa entender que engajamento se conquista.

Linoberg

Ainda pontuando sobre a falta de articulação dos senadores, deputados e do governador para trazer verbas para as estradas federais, o  pré-candidato a deputado Federal, professor Linoberg Almeida publicou uma crítica a exatamente isso. E o mais interessante é que ele reconhece a inércia do governo e ainda apoia o governador. Enfim, parece que quando chegam as eleições, cada um trabalha de acordo com seus próprios interesses.

Perguntas

  • Por que Mecias, Telmário e Chico não buscaram recursos para o DNIT arrumar as BRs em Roraima?
  • Os deputados dederais também não têm interesse nisso por quê?
  • Denarium abandonou as estradas de Roraima e decretou calamidade nesse ano de eleições por quê?

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x