Exército de perfis fakes atacam Teresa e Jucá nas redes sociais

O número de perfis fakes que atacam os candidatos nas redes sociais é impressionantes. Eles se somam aos comissionados pagos também somente para isso, como o caso de Dennis Pinho que já até foi condenado pelo TRE-RR

Exército de perfis fakes atacam Teresa e Jucá nas redes sociais
Foto: CanalTech

Perfis fakes

O número de perfis fakes que atacam os candidatos nas redes sociais é impressionantes. Eles se somam aos comissionados pagos também somente para isso, como o caso de Dennis Pinho que já até foi condenado pelo TRE-RR. Assessores do Governo do Estado criaram uma nova estratégia para atacar Teresa Surita e Romero Jucá, ambos do MDB. Eles criam várias contas fakes em redes sociais para disseminar fake news e atacar a honra dos candidatos. Servidores do Palácio do Governo, que não concordam com a campanha promovida pelos assessores de Denarium, denunciaram a situação. Segundo as fontes, diversos perfis fakes já estavam sendo usados há alguns meses. Mas após a pesquisa que aponta Teresa em 1º lugar nas Eleições 2022, novas contas foram criadas como uma tentativa desesperada de difamar a candidata. Aqueles por trás dos perfis compartilham conteúdos ofensivos contra Teresa e seus aliados.

Não entendemos

Hiran Gonçalves (PP), registrou ocorrência na Polícia Federal após a circulação de um vídeo que o liga à religião de origem africana. Ele disse que o vídeo prejudica sua campanha, que é ligada a eleitores cristãos. O intrigante é que existe uma foto recente dele com umbandistas e o deputado Jhonatan de Jesus nas redes sociais. Então, qual o problema?

Machista

Com a aproximação da data das eleições, políticos que escolheram atacar outros intensificaram as estratégias. Dessa forma, somente de sábado até esta segunda-feira (26), o TRE-RR mandou a coligação de Denarium e Hiran retitar 4 propagandas agressivas da TV. Em uma delas, a coligação critica a forma que Teresa geriu a pandemia em Boa Vista e ao final faz um comentário machista: “fica em casa, Teresa”. O juiz disse ainda que o comentário sobre medidas tomadas durante a pandemia beiram o absurdo. E é verdade, pois Teresa tomou as mesmas medidas que prefeitos tomaram em quase todo o pais e no mundo. Por outro lado, o Governo de Roraima estava envolvido em escândalo de corrupção dos respiradores. Enquanto isso, pessoas morriam pela falta desses equipamentos no HGR.

Dinheiro na cueca

Além disso, outro escândalo estampado nas manchetes de jornais a nível nacional foi o dinheiro da pandemia na cueca de Chico Rodrigues. O episódio deixou os roraimenses com vergonha. Sobretudo porque o presidente Jair Bolsonaro destituiu Chico do cargo de vice-líder do Governo no Senado. E apesar disso, o senador ainda segue como aliado político do grupo governista.

Alunos seguem sofrendo

Para não ver mais os filhos reclamarem de calor, pais do Colégio Estadual Militarizado José Aureliano da Costa, no Cantá realizam um bingo para comprar ventiladores para as salas de aula. Diante disso, nem o governador Antonio Denarium, bem como o secretário de Educação Nonato Mesquita seguem sem resolver o problema. Também pudera, ambos em seus gabinetes climatizados, já mostraram várias vezes que não ligam para quem está na outra ponta, a população. E quem quiser ajudar, que compre e venda rifa.

A festa era minha!

“A festa era minha, portanto, eu poderia falar o que eu quisesse”, foi isso que o prefeito de Normandia disse ao ser questionado sobre propagandas políticas no Festival da Melancia, realizado neste sábado (24). Será que o prefeito pagou o evento do próprio bolso? Não! Só para contratação de atrações nacionais foram mais de R$ 320 mil dos cofres públicos. Públicos! Não dos cofres do senhor Wenston Raposo. Vale lembrar que em julho, a Secretaria de Cultura do Governo enviou mais de R$ 1,1 milhão para a prefeitura realizar o evento no sábado, dia 24. E adivinha quem estava lá? Ele mesmo, Antonio Denarium.

Estado de Emergência

No dia 6 de junho o prefeito de Normandia decretou estado de emergência no município. E como resultado recebeu R$ 5 milhões do Governo do Estado. Dinheiro esse que entrou nos cofres municipais sem nenhum planejamento ou relatório sobre famílias afetadas pelas chuvas. E nem mesmo sobre estradas. Enfim…

Perguntas:

  • Porque Hiran fez reunião e foto em terreiro de umbanda, mas não quer ser associado aos umbandistas?
  • O que faz o prefeito de Normandia achar que um festejo realizado com dinheiro público é um evento de propriedade dele?
  • E, por fim, qual o motivo de Hiran e Denarium atacarem tanto Teresa e Jucá? Afinal, não são eles os primeiros colocados nas pesquisas?

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x