Suspensão de licença é vitória do Baixo Rio Branco

Com a suspensão da licença ambiental concedida pelo governador Antonio Denarium ao empresário Victor Vilanova, a vitória é de todo Baixo Rio Branco

Suspensão de licença é vitória do Baixo Rio Branco
Denarium anunciou liberação da licença no dia 6 de agosto – Foto: Reprodução/Facebook/Antonio Denarium

Suspensão

Com a suspensão da licença ambiental, concedida pelo governador Antonio Denarium ao empresário Victor Vilanova, a vitória é de todo Baixo Rio Branco. Isso por que os conflitos na região já estavam preocupando a todos no estado. Mais que nunca, assim como disse a deputada Aurelina Medeiros, é necessária uma reflexão sobre o respeito a cada cidadão que vive aqui em Roraima. Aqueles cidadãos merecem respeito. Tanto da parte do empresário, como da parte do governo. Lembrando que a maior queixa da comunidade era de que o governo não consultou os moradores da região antes de introduzir a Vilanova por lá. Como resultado, o empresário, com temperamento forte e agressivo, agrediu os ribeirinhos por diversas vezes. Ele os chamou de ‘vagabundos’.

Suspensão 2

Mas os ribeirinhos devem ficar atentos porque a licença teve apenas uma suspensão. E, pelo que se pode imaginar, Denarium pode voltar na decisão e reativar a licença de Vilanova a qualquer momento. Todos sabem que não é de interesse do governador valorizar o pequeno, mas o grande empresário. Prova disso é que, mesmo sabendo da agressividade de Vilanova, o governador resistiu à pressão dos ribeirinhos todo esse tempo. Isso para não abrir mão de beneficiar o empresário. Falando em Vilanova… este jovem empreendedor falou que a os ribeirinhos pagaram este jornal para publicar matéria contra ele. No entanto, além de nunca provar a acusação, foi ele mesmo quem pagou outros dois jornais locais para atacar o Roraima em Tempo. Só lembrado que o espaço continua aberto, tanto para que ele prove o que disse, quanto para ter seu direito de resposta.

Condenado

E por falar em meio ambiente, o  governo o estado tem mais um secretário metido em problemas com a Justiça. É que o novo presidente da Fundação e Meio Ambiente, Glicério Fernandes, já tem até condenação por improbidade administrativa. O presidente é acusado de fraudar licitação no Incra. A condenação é de 2019. Ele recebeu pena de 12 anos de prisão a ser cumprido inicialmente em regime fechado. Da mesma forma, Fernandes também vai ter que pagar multa. Ah, o assunto? Ele é acusado de desvio de dinheiro público em projeto de assentamento do Incra.

Combate à corrupção?

Para quem se elegeu com o discurso de combate à corrupção, Denarium tá bem mal de secretários. Só para começar, o chefe da Casa Civil é ninguém mais, ninguém menos que Flamarion Portela. Ele mesmo, o ex-governador cassado por improbidade administrativa. Do mesmo modo, André Fernandes, o dirigente da Secretaria de Justiça e Cidadania virou réu. Ele levou presos do sistema penitenciário para trabalharem em obra na sua casa. O melhor de tudo é a justificativa da defesa dele: as imagens utilizadas como provas não foram obtidas de forma legal. Ou seja, as provas comprovam, mas, mesmo assim ele quer se livrar da condenação

Combate a corrupção? 2

André Fernandes, Flamarion Portela e Glicério Fernandes não são os únicos secretários de Denarium enrolados com a Justiça.  Assim como eles, também respondem ou responderam processo Leocádio Vasconcelos da Sesau, Edison Prola da Segurança, além de Gerlane Baccarin da Representação em Brasília e sua adjunta Ângela Lira.

Dinheiro

Os cofres do estado estão transbordando de dinheiro, mas ninguém vê. De julho para cá, Denarium já enviou R$ 28 milhões de crédito extra para a Assembleia Legislativa, comandada pelo seu aliado Soldado Sampaio, mas não parou por aí. No dia 17 deste mês, o chefe do Executivo enviou mais R$ 697.473,00 para o Fundo Especial do Poder Legislativo. Como todos já sabem, a ALE-RR recebe milhões e milhões do governo. É tanto dinheiro que Jalser, quando presidiu a Casa criou um ‘governo paralelo’ com ações sociais. Mas por que Denarium está enviando tanto dinheiro à Casa Legislativa ao invés de enviar para a Saúde que pede socorro?

Mais dinheiro

Quem acha que Denarium mandou muito dinheiro para a Assembleia é porque ainda não viu o quanto ele enviou para a Secretaria de Educação, dirigida pela sua cunhada Leila Perussolo. No Diário Oficial do dia 19, o gestor enviou R$ 60 milhões para a Seed. Em seguida, no mesmo dia, ele enviou mais R$ 70 milhões. Em outra ocasião, o governador enviou R$ 9,5 milhões em crédito suplementar para a Uerr. E assim segue a derramada de dinheiro para acordos políticos. Enquanto isso, as grávidas arriscam as vidas em partos normais forçados pela falta de material para cirurgia.

Perguntinhas

  • Por que Denarium está enviando tanto dinheiro a mais para a Assembleia no ano que antecede as eleições?
  • Por que o governador deixa a saúde sem assistência e envia milhões a outras secretarias?

Comentários

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x