Famílias de crianças com autismo e síndromes raras voltam a denunciar suspensão de atendimentos por falta de pagamento da Unimed a funcionários e clínicas em RR

Segundo a denúncia, unidade privada chegou a fechar a Clínica de Reabilitação e deixou usuários sem explicações

Famílias de crianças com autismo e síndromes raras voltam a denunciar suspensão de atendimentos por falta de pagamento da Unimed a funcionários e clínicas em RR
Sede Administrativa da Unimed em RR – Foto: Reprodução

Famílias de crianças com autismo e síndromes raras voltaram a denunciar nesta terça-feira (11) a suspensão de atendimento da Unimed Fama por falta de pagamento a clínicas vinculadas ao plano de saúde da unidade.

Conforme a advogada Yonara Varela, a situação já se tornou frequente, sendo que o problema iniciou em 2022. Ela relata que além de não pagar as clínicas parceiras, a Unimed também fechou o Núcleo de Reabilitação e demitiu diversos funcionários, prejudicando ainda mais o atendimento.

“No dia 20 de maio, fecharam o Núcleo de Reabilitação, do dia para noite. Funcionários demitidos, nenhuma explicação aos usuários. Em torno de cem pessoas demitidas, incluindo núcleo, administrativo e até mesmo o hospital. Atualmente, vemos ausências de terapias para as crianças com deficiência. Não só para eles, mas todos os usuários do plano de saúde, que estão completamente abandonados”, disse.

Ainda de acordo com a advogada, há pacientes que precisam de acompanhamento contínuo. No entanto, a Unimed Fama não está mais realizando nem hemograma, porque não há clínica, laboratório e especialista credenciado para o serviço.

“Ninguém quer lutar por nada, cansamos de falar e não sermos ouvidos, cansamos de lutar sozinhos contra um plano de saúde. O Centro Integrado de Desenvolvimento Infantil (Cidi), local de atendimento das crianças autistas e síndromes raras, não dura dois meses, está uma precariedade. O que Roraima inteira precisa saber é que a Unimed não tem mais condições financeiras e nem operacionais para continuar aqui”, pontuou.

Citado

O Roraima em Tempo entrou em contato com a Unimed Fama para esclarecimentos, mas não recebeu retorno até a última atualização desta matéria.

Fonte: Da Redação

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x