Homem espera há mais de cinco meses por cirurgia de câncer no HGR

Por outro lado, Sesau diz que paciente recebeu o atendimento necessário e está sendo acompanhado pela médica especialista

Homem espera há mais de cinco meses por cirurgia de câncer no HGR
Família relata que, depois do parto, a filha ficou em estado crítico – Foto: Arquivo/Roraima em Tempo

Um homem, de 37 anos, espera há mais de cinco meses por uma cirurgia para remoção de um tumor no pâncreas no Hospital Geral de Roraima (HGR). A situação foi denunciada ao Roraima em Tempo nesta quinta-feira (9).

Ival Borges de Araújo está desde o dia 18 de março na fila de espera na Oncologia do HGR. Conforme a esposa do paciente, Maria Antônia da Silva Cruz, de 42 anos, Ival descobriu há um ano que está com câncer.

Desde então, ele já fez uma cirurgia em setembro para remoção do tumor. Todavia, em março deste ano, os médicos descobriram um novo tumor, de aproximadamente sete centímetros.

Nesse sentido, de acordo com Maria Cruz, os médicos da oncologia avaliaram como urgente a cirurgia de Ival. No entanto, até o momento, a esposa do paciente afirma que a fila para cirurgias não anda.

“Meu esposo estava bem, mas agora ele está ficando bem mal. Ele está sentindo tudo, ele não faz nada. A gente está vivendo da graça de Deus e de ajuda do povo, porque está eu e ele sem trabalhar. […] Então a gente fica esperando para ver se faz a cirurgia logo, para ficar bom e voltar a trabalhar”, contou.

Além disso, a esposa do paciente relata que a fila de espera está aumentando ao invés de diminuir.  

“A gente vai lá toda semana para saber como está andando a fila, e ele no número 13. Eles dizem, alegam, que está tendo cirurgia pela oncologia. Aí hoje fomos novamente, quando chegamos lá ele tinha voltado para o número 15, a gente ficou indignado “, relatou.

Denúncia MPRR

Maria Cruz relata que, devido à demora na realização da cirurgia, formalizou uma denúncia no Ministério Público de Roraima (MPRR) na tarde de ontem (08).

“Quando a gente saiu do hospital, fomos direto no Ministério Público, só que lá eles falaram que tinha que esgotar todos os recursos, mas eles iriam averiguar e ver o que realmente estava acontecendo”, explicou.

A esposa de Ival teme pela saúde do marido e se diz indignada pela demora para a realização de cirurgias na unidade de saúde.

“Hoje a gente entrou em desespero, porque não é brincadeira não a pessoa está em uma fila de espera e em vez de ir para frente volta para trás, ainda mais o câncer que a gente sabe que é uma doença perigosa”, finalizou.

Tratamento de câncer

No total, a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia de Roraima (Unacon-RR) atendeu 38.555 pacientes com câncer só em 2021, enquanto em 2020 foram 76.284. De acordo com a Sesau, dos pacientes, 200 estão fazendo quimioterapia.

Contudo, caso o paciente precise passar por radioterapia, é necessário pedir o Tratamento Fora de Domicílio (TFD) e se deslocar a outros estados.

Desse modo, o total de 57 pacientes com câncer ainda aguardam pela liberação do serviço, enquanto somente outros três foram contemplados.

Citados

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informou que “todos os pacientes são atendidos com prioridades devido à complexidade de cada caso e não existe uma prioridade sobre a outra”.

“No caso do paciente Ival Borges De Araújo, ele recebeu o atendimento necessário da Unacon e está sendo acompanhado pela médica especialista”, disse a Pasta.

Ainda segundo a Sesau, existe um balcão para informação, que funciona de segunda a sexta-feira, na entrada da Unacon, das 7h às 19h, onde é possível esclarecer as dúvidas.

Também é possível tirar dúvidas por meio da Ouvidoria na sede da Sesau, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, pelo email: [email protected] ou pelo telefone: (95) 98410-6188.

Fonte: Rádio 93 FM

0
Would love your thoughts, please comment.x