Moradores de fronteiras serão vacinados para evitar entrada da Delta

Nesta quinta-feira (22) chegaram ao Estado mais 38.610 doses de imunizantes da Pfizer

Moradores de fronteiras serão vacinados para evitar entrada da Delta
Ministério da Saúde enviou mais de 60 mil doses de vacinas nesta semana – Foto: Divulgação: Governo do Estado

Moradores de fronteira dos municípios de Bonfim e Pacaraima serão vacinados contra a Covid-19 para evitar, dessa forma, a entrada da variante Delta no Brasil.

O Governo do Estado divulgou a informação na tarde desta quinta-feira (22) após o Ministério da Saúde enviar mais de 60 mil doses de imunizantes nesta semana.

O Roraima em Tempo publicou nesta quarta-feira o envio de 60.160 doses da vacina contra o coronavírus para Roraima.  Os imunizantes integram a 31ª pauta de distribuição do MS.

Conforme o MS, 16.050 são da AstraZeneca, feitas no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz, enquanto 38.610 são da Pfizer, produzidas na empresa em Kalamazoo, nos Estados Unidos. As outras 5,5 mil são da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan.

Nessa quarta-feira (21), o Governo informou que recebeu 21.610 doses sendo 16.059 da Astrazeneca e 5.560 da Coronavac.

“É preciso imunizar essa população para evitar o surgimento de novos casos e a entrada da variante Delta em nosso Estado devido ao grande fluxo de pessoas vindas de outros países nessas regiões”, disse Alice Dantas, gerente do (Núcleo Estadual do Programa Nacional de Imunização (NEPNI).

Na segunda-feira (20), o Roraima em Tempo mostrou que o Estado pediu ao MS mais 9.291 imunizantes para vacinar a população de rua.

De acordo com informações, a Sesau enviou o ofício no dia 15 de julho.  No documento, a Pasta leva em consideração os reflexos do fluxo migratório.

Vacinação em Roraima

O total de vacinas aplicadas em Roraima é de 278.044, sendo 200.642 da primeira dose, enquanto 68.231 são da segunda. Por fim, 9.171 é o número de aplicações de imunizantes de dose única.

Fonte: Da Redação

0
Would love your thoughts, please comment.x