Show com Pipoquinha de Normandia, tenda da saúde e diversão: Boa Vista Junina segue pela quinta noite

Público ainda pode conferir os espaços gastronômicos e “instagramáveis” da festa que ocorre até o dia 8

Show com Pipoquinha de Normandia, tenda da saúde e diversão: Boa Vista Junina segue pela quinta noite
Foto:/Semuc/PMBV

O ‘Maior Arraial da Amazônia’ chega na sua quita noite nesta quarta-feira (5). Vale lembrar que o arraial ocorre na Praça Fábio Marques Paracat até sábado, dia 8.

Além de show com Dj, também vai ter apresentação da banda Pipoquinha de Normandia, os artistas têm grande histórico em Roraima e marcaram diversas gerações. A apresentação ocorre 00h.

Confira toda a programação de hoje

  • 19h – Banda Beijo de Vaqueiro;
  • 19h45 – DJ Larissa Meraki;
  • 20h15 – Larissa Marinho e banda;
  • 21h – DJ Larissa Meraki;
  • 21h30 – Banda Forró Xote Bruto;
  • 22h15 – DJ Larissa Meraki;
  • 22h45 – Binho e Tefinho e banda;
  • 23h30 – DJ Larissa Meraki;
  • 00h – Pipoquinha de Normandia.

Concurso de Quadrilhas

20h – Arrasta Pé (Grupo de Acesso)

O grupo levará o tema “O Brilho do São João”. Os brincantes relembram como as festas de arraial foram diferentes em anos passados, em decorrência da pandemia. Como resultado, buscam mostrar o entusiasmo, a alegria, multidão e a felicidade que o mês de junho proporciona às pessoas de todo o país. Será um resgate de memórias em busca de renovação.

Além disso, a quadrilha nasceu 2004 e este ano sobe no tablado com 25 casais. Cerca de 75% dos brincantes são novos e vão buscar surpreender o público do Boa Vista Junina. Nesse sentido, o grupo faz um trabalho social no bairro Nova Cidade, inserindo os jovens da região na cultura de São João.

21h – São Vicente (Grupo de Acesso)

Com o tema “No vento da Cruviana, Asa Branca chegou até aqui”, a quadrilha vai mostrar a grande influência do Nordeste nesse caldeirão cultural roraimense. O grupo vai unir a lenda roraimense Cruviana (a rainha dos ventos), com a força do povo nordestino representado pela Asa Branca (um pássaro). O espetáculo vai seduzir os espectadores com passos tradicionais do São João e muita alegria.

No tablado, o público verá a união do Nordeste ao extremo Norte, a Terra de Macunaíma. A Império São Vicente foi fundada em maio de 1988. Mas antes de ser quadrilha era escola de samba. Este ano, 21 casais farão uma festança na Arena Junina. 

22h – Sinhá Benta (Grupo Especial)

O grupo chega com o tema “No São João da Sinhá, Mastruz Com Leite vou dançar”. Isso porque quando se fala em festa junina, não podem faltar as “pedradas” da banda. Além disso, a quadrilha promete bastante animação para contagiar a galera ao som dessa lenda junina, relembrando as músicas que marcaram gerações. Do mesmo modo, a Sinhá Benta foi fundada em 2008 e irá subir no tablado com 24 casais. Com as expectativas a mil, os brincantes também afirmam que irão “fazer bonito” na Arena Junina.

23h – Escola Forrozão (Grupo Especial)

Com o tema “No meu São João a tradição é dançar de chitão”, o grupo vai levar ao público do Boa Vista Junina a importância de valorizar a tradição e seus principais elementos juninos. Os 29 casais se empenharam para mostrar muita alegria, animação e grandes surpresas no tablado.

Por fim, a Escola Forrozão surgiu em 2006, a partir de um grupo de pessoas que saíram de  outra quadrilha e resolveram fundar uma diferente e que atendesse às expectativas de seus brincantes.


00h – Garranxê (Grupo Especial)

Com o tema “O Pulsar da Fé”, a Garranxê vai retratar a emocionante história de luta, fé, amor e superação do casal integrante Kedson Lira e Cielly Mangabeira. Em meio à pandemia, Kedson pegou covid e seu problema no coração se tornou um dos mais graves do Brasil na época. Graças ao poder da fé de sua esposa Cielly, ele recebeu um novo coração e hoje é considerado o único transplantado de Roraima.

É com essa história que os 43 casais pretendem emocionar o público. E através da cultura, a Garranxê segue o propósito de propagar informação sobre a causa para conscientizar pessoas e salvar vidas. Sempre destacando o poder da fé, da oração e assim, os os milagres na vida daqueles que creem.

Fonte: Da Redação

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x