Após cassação, ‘chove’ licitações e contratos milionários no Governo

Muitos são os contratos e lançamentos de licitações até mesmo na casa dos R$ 100 milhões; além disso, governador ainda quer fazer empréstimo de R$ 805,7 milhões

Após cassação, ‘chove’ licitações e contratos milionários no Governo
Dinheiro, Real Moeda brasileira – Foto: Agência Brasil

Julgamento de embargos

Amanhã (21), o Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR) julga os cinco embargos apresentados por cinco partes interessadas no processo que cassou o mandato do governador Antonio Denarium (PP). Quem apresentou estes embargos foram: o próprio governador, o vice-governador Edilson Damião, Tânia Soares, cunhada de Denarium e chefe da Setrabes e os partidos Progressistas e Republicanos.

Descambou

E como todos já estão carecas de saber, estes embargos servem apenas para ganhar tempo para que Denarium continue um pouco mais no cargo. Enquanto o processo fica preso no TRE-RR, o Governo descambou a fazer contratações desregradas e duvidosas. Assim foi o contrato do Instituto Ibras que recebeu antecipadamente R$ 17 milhões para realizar a Expoferr. Mas não para por aí. A Sesau lançou licitação para contratar empresa para manutenção predial e o valor estimado para isso foi de nada mais e nada menos que R$ 117 milhões. E tem mais: O Iater também abriu uma licitação na casa dos R$ 100 milhões para comprar veículos leves, caminhões e máquinas pesadas. O valor total previsto para esta compra é de R$ 105.472.353,80.

Será mesmo que tem necessidade?

E olha que recentemente o Governo fez uma grande entrega desses tipos de equipamentos agrícolas. Muitos deles, inclusive, ficaram exposto em uma avenida movimentada da capital dura te as eleições e até viraram alvo de ações eleitorais. Há ainda vários caminhões expostos no Centro Cívico há vários dias. Se realmente houvesse tamanha necessidade, o Estado já teria distribuído os caminhões. Esses gastos desregrados significam que, quanto mais demorar a concluir esse processo de cassação aqui e no TSE, mais o Governo será ‘sangrado’.

Empréstimo

E não podemos esquecer ainda que o governador, com apoio de seus aliados políticos, está articulando um empréstimo no valor de R$ 805,7 milhões. Assim, ele vai deixar o Estado endividado para os governadores que assumirem nos próximos 10 anos. Mas vale ressaltar que quem pagará esse preço mesmo é a população.

Dançando na cara da sociedade

A população criticou um vídeo do governador Antonio Denarium dançando um forró bem arroxado no palco da Expoferr. Isso porque, enquanto ele dança e se diverte gastando R$ 17 milhões em um contrato investigado pelos órgãos de fiscalização, famílias sofrem na maternidade de lona e estudantes em escolas de lona. A festa é boa sim, o povo merece um evento cultural sim. Mas antes disso, o Governo tem que garantir o mínimo de dignidade às pessoas.

Nada ainda

O ex-senador Telmário Mota ainda não foi recambiado para Roraima. Ele segue em um presídio em Goiás após a a sua prisão pela Polícia Militar daquele estado. A Justiça autorizou o recambiamento no último dia 9, mas até o momento ele não chegou em terras macuxi. Fontes desta coluna afirmaram que a Polícia Civil não tem verba suficiente para bancar a transferência do ex-parlamentar.

 

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x