Governador não se pronuncia sobre novo alagamento na maternidade

A estrutura improvisada da Maternidade Nossa Senhora de Nazareth foi mais uma vez invadida pela chuva registrada na manhã desta terça-feira (27)

Governador não se pronuncia sobre novo alagamento na maternidade
Maternidade durante fortes chuvas/Foto: Reprodução

A estrutura improvisada da Maternidade Nossa Senhora de Nazareth foi mais uma vez invadida pela chuva registrada na manhã desta terça-feira (27). Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra um forro caído e uma grande quantidade de água entrando no local.

Contudo, a atitude do Governo de Roraima diante do problema que é recorrente sempre quando a unidade é atingida pela força da chuva, foi de emitir nota negando as imagens. Além disso, afirmou que a situação na estrutura são ‘pequenas intercorrências’ e que a equipe de limpeza também solucionou o problema. Ou seja, assim que houver uma chuva forte, é provável que novos vídeos  da ‘maternidade de lona’  circulem nas redes sociais.

Em abril deste ano, os corredores da maternidade ficaram alagados.  O caso também foi registrado em vídeos e uma mulher questionou aonde estava o governador e outros parlamentares. Do mesmo modo, em agosto do ano passado, uma forte chuva causou pânico nas gestantes que estavam na unidade. É que água invadiu o local e as pacientes tentavam salvar seus pertences. Na época a secretaria de Saúde (Sesau) disse apenas que o problema não causou nenhum dano no atendimento.

Despreparo

As diversas denúncias sobre a estrutura improvisada da maternidade refletem o despreparo da atual gestão para solucionar crises. A falta de ações imediatas são respostas de como Antonio Denarium (PP) tem gerenciado a Saúde de Roraima. Vale lembrar que a secretária de Saúde Cecília Lorezon afirmou que os problemas que ocorrem na Maternidade Nossa Senhora de Nazareth são ‘pequenas exceções’.

Enquanto o Governo arruma desculpas para justificar o atraso para a entrega da obra no prédio da maternidade, mães e crianças precisam recorrer aos serviços de uma estrutura improvisada e precária há cerca de dois anos.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x