Hiran demonstra amadorismo ao se pronunciar sem reconhecer vitória de Lula e pode fechar as portas para Roraima

Hiran vai representar Roraima em Brasília e esquece que para conseguir verbas tem que saber abrir as portas no Congresso

Hiran demonstra amadorismo ao se pronunciar sem reconhecer vitória de Lula e pode fechar as portas para Roraima
Hiran Gonçalves (PP) – Foto: Divulgação

Amadorismo

Hiran Gonçalves não foi nem um pouco diplomático ao falar do resultado das eleições para presidente. A princípio, em seu vídeo, disse estar triste. Em seguida, falou sobre defender Roraima. Hiran não citou a vitória de Lula, e nem o parabenizou, como se deve fazer diante de um país democrático. Até mesmo Denarium, que pediu para o povo brasileiro fugir do Lula, reconheceu a derrota nas urnas. E até deixou nas entrelinhas que quer uma aproximação com o futuro presidente. É que ele falou em diálogo. Mas Hiran, mostrou amadorismo na política. Ele precisa lembrar que, quando tomar posse, será representante de todo um Estado no Congresso. Não só dele mesmo.

Preocupa

O posicionamento de Hiram preocupa. Agindo assim ele pode dificultar a liberação de recursos para Roraima. O caminho é buscar uma boa relação com a Presidência da República. Saber articular. E não ignorar o presidente. Além disso, Roraima já tem senadores que não contribuem em nada. Mecias de Jesus, assim como Chico Rodrigues, estão há 4 anos no cargo e Roraima nem percebeu. E parece que Hiran junta-se a eles. Por fim, sobre Telmário Mota nem precisa comentar.

Secreto

A imprensa nacional publicou levantamento que mostra que os 3 senadores de Roraima, bem como 4 deputados federais receberam o Estado R$ 450 milhões do orçamento secreto. Os dados são de 2021 e 2022. Outros 4 deputados não enviaram informações. Ou seja, o volume de dinheiro pode ser ainda maior. Mas uma coisa é certa: esse quase meio bilhão não veio para Boa Vista. Pois os senadores, assim como os deputados federais não enviam recursos para a capital. Sendo assim, toda essa verba deve ter ido para o Estado. Mas a pergunta é: onde está esse dinheirão todo?

Conveniências

Soldado Sampaio comemorou sua vitória, de Denarium e de Hiran com muitos fogos de artifício barulhentos. Mas ontem, na ALE-RR, ele cobrou o cumprimento da Lei que proíbe o uso desse tipo de fogos. Ora, agora ele lembrou que é proibido? E quando era ele que estava lá se divertindo com os fogos barulhentos? Ele lembrou de pessoas autistas? lembrou dos animais que ficam apavorados? Enfim, cada um com suas conveniências.

Não adiantou

Antonio Denarium fez mil e uma propagandas sobre a implantação de usinas em Roraima. Ele dizia que reduziria a conta de luz dos roraimenses. A implantação dessas usinas ocorreu após leilão do Governo Federal. Mas Denarium quem vivia fazendo propaganda. Acontece que isso não serviu para reduzir o valor da energia. Pois até agora nada mudou. Quer dizer, mudou sim. Roraima terá um novo aumento. Dessa vez será de quase 27%. E o que o governador fez para mudar isso? Boa pergunta.

Dos Povos Originários

Após o resultado das eleições, Lula afirmou em um de seus discursos que criará o Ministério dos Povos Originários. Entre os cotados para dirigir a pasta está Joênia Wapixana. Apesar de ela ter recebido muitos votos, não foi reeleita. Contudo, é respeitadíssima entre as lideranças nacionais e mundiais. Pois foi a primeira mulher indígena na Câmara Federal.

Perguntas:

  • Onde estão os R$ 450 mi do orçamento secreto que vieram para Roraima?
  • O que Hiran acha que vai conseguir para Roraima com esse joguinho de não aceitar que Lula ganhou?

 

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x