O Rio Branco agora tem dono?

Denarium entregou uma licença de 10 anos, que dá a concessão de um trecho do rio na região do Baixo Rio Branco para uma empresa de pesca esportiva e pescadores do local ficaram impedidos de pescar no local.

O Rio Branco agora tem dono?
Governo concedeu licença de 10 anos para empresa de pesca esportiva -Foto: Divulgação/Governo de Roraima

O Rio Branco agora tem dono?

Denarium entregou uma licença de 10 anos, que dá a concessão de um trecho do rio na região do Baixo Rio Branco para uma empresa de pesca esportiva. Nada contra promover o desenvolvimento, mas o problema é que agora os pescadores estão revoltados, pois não podem pescar no local. Ou seja, a licença para a empresa comprometeu a fonte de renda dos ribeirinhos do Baixo Rio Branco que sempre viveram ali. O rio tem que ser para todos e não apenas para os grandes empresários.

Não é a primeira vez

Só que essa não é a primeira vez que Denarium mira os ribeirinhos. Quem não se lembra do projeto proibindo a pesca de Tucunaré em Roraima por anos? Depois de uma reviravolta entre os pescadores, a Assembleia decidiu “engavetar” a proposta e, até hoje, nunca passou pelos deputados. Mas, é necessário lembrar, que só quem teria autorização para fazer “pesca esportiva” eram os grandes empresários. Ou seja, Denarium só mostra que prioriza os amigos, e deixa de lado quem realmente vive da atividades. Lamentável!

Entregando cesta e coronavírus

Não é de hoje que a Coluna destaca as aglomerações que o governo continua promovendo para entregar cestas básicas. No fim de semana, o governador esteve mais uma vez nos municípios do Sul, acompanhado da imensa comitiva. A Setrabes reúne as famílias em quadras de escolas para, primeiro, ouvirem discursos políticos e, só depois receberem a cesta. São horas ouvindo ladainhas de vereadores, deputados, bem como de senadores. Na aglomeração têm idosos e grávidas que são pessoas vulneráveis à Covid-19. A atitude mostra a total falta de empatia do governador. Além disso, a comitiva chega a ter mais de 40 caminhonetes com servidores do governo que, muitas vezes, participa dos eventos sem nenhuma necessidade.

Cestas são do Governo Federal

Apesar de toda a propaganda que o governo vem fazendo com as cestas, é importante ressaltar que os recursos para a aquisição delas foi enviado para Roraima pelo presidente Jair Bolsonaro. Interessante que até mesmo a Assembleia Legislativa paga propaganda nos meios de comunicação para divulgar a cesta que foi comprada com verba do Governo Federal.

Cesta sem aglomeração

Por outro lado, ano passado a Prefeitura de Boa Vista entregou 150 mil cestas básicas para pessoas em vulnerabilidade social. Em contrapartida, não foi registrada nenhuma aglomeração nem discurso político da ex-prefeita Teresa Surita durante a distribuição em Boa Vista. Semana passada o prefeito Arthur anunciou a entrega de mais 150 mil cestas que estão sendo entregues nas escolas, nos CRAS e nas casas das pessoas para evitar reuniões e proteger as famílias.

Volta às aulas

O Governo do Estado ainda não anunciou data para o retorno das aulas presenciais. É estranho porque os municípios, que lidam com crianças, já estão retornando. Bonfim já iniciou as aulas presenciais, Iracema anunciou que começa em outubro, e Boa Vista iniciou hoje. O Estado, que só lida com adolescentes e adultos, parece que não tem preparo para garantir um retorno planejado, com segurança. Enquanto isso, os alunos seguem estudando de forma remota, que não proporciona o mesmo nível de aprendizado.

Dinheiro na conta

Uma fonte informou à Coluna que o Governo do Estado tem cerca de RS 2 bilhões em caixa. A quantidade de dinheiro, se corretamente aplicada, daria para resolver os problemas da saúde por muitos anos em Roraima. É que o governo não está pagando os empréstimos devido à pandemia e está com saldo de cerca de R$ 40 milhões mensais. Por outro lado, as dívidas de empréstimos não paradas no banco, elas estão lá gerando juros, aumentando diariamente. Desse modo, Denarium, que tanto fala em dívidas deixadas por governos anteriores, vai deixar a dívida ainda maior para os próximos governadores.

Perguntas:

  • O Governo pode conceder o usufruto de um rio para uma empresa?
  • Por que o Governo não entrega cestas às famílias de baixa renda sem promover aglomeração e discurso político?

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x