Série de reportagens mostra um verdadeiro ‘império da corrupção’ no Governo de RR

Gestão de Denarium já passou por várias operações da Polícia Federal, assim como já virou notícia nacional diversas vezes por escândalos de corrupção, como por exemplo, o caso dos respiradores

Série de reportagens mostra um verdadeiro ‘império da corrupção’ no Governo de RR
Governador Antonio Denarium – Foto: Reprodução/Redes Socais

Série

O Roraima em Tempo está trazendo esta semana uma série de reportagens para lembrar os escândalos de corrupção no Governo de Roraima nos últimos 5 anos. A série, denominada ‘Império da Corrupção’, traz à tona novamente números, fatos, investigações, operações policiais e etc. Além disso, as reportagens servem para lembrar que o ‘calcanhar de Aquiles’ da gestão de Antonio Denarium é, de fato, a Saúde. Nessa área, além de ele não conseguir resolver os problemas, ainda teve que enfrentar diversos escândalos. Entre eles o que tomou conta das manchetes nacionais: o ‘escândalo dos respiradores’.

Planejados 1

E, por falar em império da corrupção… essa coluna recebeu a informação de que a Secretaria Estadual de Educação do Governo está aderindo à uma Ata de Registro de Preços da Assembleia Legislativa para contratação de empresa especializada na fabricação e instalação de móveis planejados. Conforme a fonte, o contrato será de milhões, assim como foi na Casa Legislativa, que contratou a empresa por R$ 9 milhões no ano passado. Ainda de acordo com a fonte, estes móveis serão destinados ao novo prédio da Secretaria, que está sendo construído no Centro Cívico.

Planejados 2

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) ‘pegou carona’ no mesmo contrato da ALE-RR e contratou a mesma empresa especializada em fabricação e instalação de móveis planejados pelo valor de R$ 8,1 milhões. A informação consta no Diário Oficial do Estado (DOE) do último dia 17. E, conforme adiantou a fonte desta redação, o Detran-RR também ira aderir à mesma Ata e vai contratar móveis milionários com a mesma empresa.

Tudo planejado

Analisando a situação, parece que estava era tudo planejado. Primeiro a ALE-RR abre a licitação. No meio do processo, desclassificou a empresa que ofereceu o serviço por R$ 6 milhões e contratou uma que fez o trabalho por R$ 9 milhões. Depois a Sesau aderiu à Ata de Registro de Preços, e em seguida, a Seed resolve fazer a mesma coisa. E, do mesmo modo, pretende fazer o Detran. Isso tudo depois de o governador ser cassado e de tirar R$ 2,5 da Faperr e enviar para a Seed, e de tirar R$ 5,3 milhões de sete secretarias e mandar para o Detran.

Crise ou planejamento para sair do Governo

As movimentações financeiras que o governador vem fazendo ao tirar dinheiro de uma secretaria e colocar em outra não é comum na atual gestão. Isso pode ser um planejamento caso o TSE confirme a cassação de Denarium e ele tenha que sair do Governo, tendo que, assim, tirar as mãos das verbas públicas. Lembrando que essas secretarias para as quais ele mandou esses verbas estão comandadas por indicados de políticos que fecharam acordos políticos com Denarium na última eleição. Como por exemplo, Nonato Mesquita, secretário de Educação é indicação do Soldado Sampaio. Assim como Álvaro Duarte, presidente do Detran, e indicação de Nicoletti.

Corrupção

Vale lembrar do pagamento antecipado na compra de livros de R$ 15 milhões que Nonato fez na Seed durante o período eleitoral. E também da tentativa do presidente do Detran de comprar livros sem licitação nesse mesmo período por R$ 7 milhões. A Justiça agiu nas duas situações. O TCE-RR determinou a suspensão do andamento da compra no Detran. E, da mesma forma, o MPRR ‘orientou’ pela rescisão de contrato na Seed e devolução dos R$ 15 milhões.

Planejados 3

Voltando a falar dos móveis planejados…. o MPRR já abriu investigação para apurar irregularidades no processo licitatório que a ALE-RR fez para comprar os móveis. É que a ALE-RR desclassificou a empresa que ofereceu o serviço por R$ 3 milhões a menos que a que ganhou a licitação. E é realmente estranho. Quem escolhe pagar bem mais caro por um produto? Ainda mais quando se trata de R$ 3 milhões a mais?

Tirou das cestas básicas?

O governador também tirou dinheiro da Setrabes para mandar para a Seinf. Conforme o Diário Oficial, Denarium tirou R$ 8,4 milhões do Programa de Fortalecimento da Política de Segurança Alimentar e Nutricional para mandar para a Seinf arrumar estradas. Esse programa de segurança alimentar é o mesmo de onde o Governo contrata as cestas básicas e cartões do Cesta da Família. Estranho, hein!!!

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x