Sesau renova aluguel da ‘maternidade de lona’ por um ano e soma dos contratos já chega a R$ 38 milhões

Valor alcançou o custo total da reforma geral do prédio da Maternidade Nossa Senhora de Nazareth no bairro São Francisco, que é de R$ 38,5 milhões.

Sesau renova aluguel da ‘maternidade de lona’ por um ano e soma dos contratos já chega a R$ 38 milhões
Fachada da maternidade – Foto: Yara Walker/Arquivo Roraima em Tempo

Sem quórum

As sessões plenárias da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) foram retomadas nesta terça-feira (8), após um pouquinho mais de um mês de recesso parlamentar. Contudo, nesta quarta-feira (9), não houve votação da Ordem do Dia. Isso porque não tinha quórum, ou seja, deputados suficientes na Casa. Vale lembrar que a última sessão do primeiro semestre legislativo durou quase um dia inteiro, pois os parlamentares votaram vários projetos que acumularam durante os meses.

Aluguel da maternidade de lona

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) renovou por um ano o contrato com a empresa responsável pelo aluguel das tendas e lonas do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, pelo valor de R$ 13 milhões. Assim, só com aluguel da estrutura, o Governo já gastou R$ 38 milhões do tesouro do Estado. Enquanto isso, a reforma da unidade se arrasta há mais de dois anos. O valor alcançou o custo total da reforma geral do prédio da Maternidade Nossa Senhora de Nazareth no bairro São Francisco que é de R$ 38,5 milhões.

Mortes de bebês

Esta redação vem há meses noticiando sobre mortes de bebês que lamentavelmente acontecem na Maternidade Nossa Senhora de Nazareth. Segundo fontes desta coluna, mais dois recém-nascidos morreram na unidade durante a noite de ontem (9). Para o denunciante, quem deve investigar a situação é o Ministério Público de Roraima (MPRR) e a Vigilância Sanitária e não os deputados estaduais, isso porque, de acordo com ele, os parlamentares vão “colocar na gaveta e pronto”.

Contrato milionário

E falando em contratos milionários, o Departamento Estadual de Trânsito de Roraima (Detran) contratou empresa para implantar um sistema de informática por R$ 13,4 milhões. Conforme o órgão, a contratação visa a solução de problemas de informática e atendimento nas áreas de habilitação, veículos, infrações e finanças. Além disso, inclui fornecimento de sistema de nuvem híbrida (pública e privada), bem como outros serviços que a empresa deve prestar.

Penhora de bens

O advogado Pedro Duque, responsável pelo processo que condenou Flamarion Portela por uma licitação fraudulenta para compra de combustível, solicitou a penhora de uma casa, um terreno e bloqueio de aplicações de renda do ex-governador em um banco. Após perder o processo e ser condenado por improbidade administrativa, a Justiça condenou o então governador a pagar mais de R$ 640 mil em honorários ao advogado, o que ele se negou a fazer. Por isso, teve dois veículos penhorados, mas não foi o suficiente para cobrir o valor.

‘Redesenhando Histórias’

O vereador Bruno Perez (MDB) é o novo apoiador do projeto “Redesenhando Histórias”. A iniciativa surgiu em 2020 para levantar a autoestima de mulheres que perderam a mama após cirurgias no combate ao câncer. O parlamentar vai garantir ajuda de custo do material específico para reconstrução de aréolas. Com a técnica necessária é possível redesenhá-las por meio de micropigmentação paramédica. Para receber atendimento do “Redesenhando Histórias”, basta entrar em contato com a especialista em estética paramédica, Vanda Dias Vanda, por meio do número (95) 99111-7230.

 

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x