Audiência pública para debater início da exploração de petróleo em RR, ocorre em junho na Câmara dos Deputados

Deputado federal Gabriel Mota (Republicanos) disse que exploração representa avanço para o estado. Assunto foi abordado em entrevista ao jornalista Bruno Perez, no programa Rádio Verdade da 93 FM

Audiência pública para debater início da exploração de petróleo em RR, ocorre em junho na Câmara dos Deputados
Foto: Lara Muniz/Roraima em Tempo

O deputado federal Gabriel Mota (Republicanos), falou sobre como anda o processo para o início da exploração de petróleo em Roraima. O tema foi abordado durante entrevista ao jornalista Bruno Perez, no programa Rádio Verdade, da 93 FM nesta segunda-feira (20).

O parlamentar tem cobrado dos órgãos do setor que a exploração de petróleo em Roraima ocorra. Dessa forma, o deputado apresentou um requerimento na Câmara dos Deputados solicitando a realização de uma audiência pública para tratar do assunto. O requerimento foi aprovado e a audiência está prevista para ocorrer no dia 18 junho.

“É um sonho antigo em Roraima e quando assumi em Brasília, comecei a trabalhar essa questão da exploração em Tacutu. Estive na Petrobrás, conversei com especialistas para saber se Roraima realmente tinha petróleo e se a Petrobrás e o Governo Brasileiro tinha o interesse em explorar. Era algo que estava muito parado […] Tive várias audiências no Ministério do Meio Ambiente e Ministério de Minas e Energia e agora avançou. No máximo 20 dias vai sair a carta de recomendação dos dois ministérios dando a concordância e aí é só esperar o leilão”, explicou Gabriel.

Expectativas para RR com a exploração do petróleo

Do mesmo modo, o deputado federal falou do futuro de Roraima após o início da exploração.

“O povo de Roraima nunca entendeu como a Venezuela é rica em petróleo, a Guiana é rica em petróleo e Roraima no meio não tem? Há vários estudiosos que nos disseram ‘Gabriel aqui realmente tem petróleo’ e tem que saber se é comercial ou não. Para isso, tem que leiloar […] se der comercial, vamos mudar a história de Roraima e está tudo dando certo” disse.

Gabriel também disse que a exploração no estado é possível sem danos ao ambiente.

“A exploração é no lavrado. Não pega em área indígena e não vão desmatar nada. Não vai ter perigo nenhum de contaminação ou algo parecido e expliquei isso. A médio prazo vai ocorrer a criação de uma matriz econômica com geração de emprego. Tenho muita fé, pois conheço com muitos especialistas e o que a gente quer, é tirar isso do papel e de fato efetivar a ideia” ressaltou.

Entenda

No último dia 15 de maio, o deputado federal Gabriel Mota recebeu a notícia de que Roraima estava autorizado a iniciar os processos de exploração de petróleo. A noticia ocorreu em reunião com o secretário Executivo do Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima, João Paulo Capobianco, e do secretário Executivo do Ministério de Minas e Energia, Arthur Cerqueira Valério.

Assim, em junho, vão participar da audiência pública, o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, Soldado Sampaio (Republicanos), o prefeito de Boa Vista, Arthur Henrique (MDB), o presidente da Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Femarh), o reitor da Universidade Federal de Roraima (UFRR), entre outros convidados.

“Nós vamos fazer um amplo debate para que as pessoas se ajudem. Por exemplo, quando quiser informações, a Universidade Federal já tem dados inseridos […]” finalizou.

Leia mais sobre o assunto:

Fonte: Da Redação

0
Would love your thoughts, please comment.x